quinta-feira, 8 de março de 2012

...Dia da Mulher...


 
Inadmissível o que a mídia tem a oferecer no que se refere à cultura e bom-senso. E de tanto me surpreender com as manchetes vazias do noticiário nacional, resolvi deixar minha forma de protesto aqui, no dia da mulher. Em especial, o jornalismo “global” me provoca desprezo. Sinto vergonha da informação apelativa. Falta de conteúdo total: é o “que temos pra hoje” naquilo que chamam de portal da informação. Eu não posso dormir sem saber que a “Jéssica Pimentinha fica meia hora na água quente para descolar o tapa-sexo”*... Quem é essa eu não sei, mas a notícia é importantíssima! Ou que a “Sabrina Sato quer desfilar com menos roupa em 2013”*. Também não posso me esquecer que a “pose torta deixa Scarlett Johansson com os seios em formato bizarro"*. Mudou a minha vida saber que a “dançarina do Latino faz topless para campanha com um short bem pequeno”* e que "a terceira colocada do Miss Bumbum posou de biquíni e jaqueta de couro"*. A maneira como estamos sendo “abordadas” é de gerar revolta. Pior ainda são as mulheres que se submetem ao nível zero e deixam a fama pra nós. Sinceramente... O espaço tão poderoso da mídia deveria ser, diariamente, utilizado para a realidade da mulher – no que, de fato, acrescenta e não degrada. Conheço tantos e tantos exemplos maravilhosos de mulheres fortes, que superam obstáculos dificílimos, vivem o dia a dia da família, dos filhos, se viram como podem, têm uma força além dos limites e não são destaques “globais”. Elas não precisam disso. Deixo aqui o meu respeito e carinho às inúmeras mulheres de fibra que conheço – e como reconheço seus valores.


*As manchetes citadas foram retiradas do site Globo.com em Fev./Março 2012

Um comentário:

  1. Adoreiii ....assino em baixo, vamos nos valorizar!!!
    Dri

    ResponderExcluir